top of page

Garota, mulher, outras

de Bernardine Evaristo

Companhia das Letras - 2020






Garota, mulher, outras é um livro bem especial. Bernardine Evaristo, escritora anglo-nigeriana, conta várias pequenas histórias que se entrecruzam, nos dando a oportunidade de ver a mesma situação sob diferentes pontos de vista. Começa com Amma, depois sua filha Yazz, depois Dominique…mãe, filha, namorada da mãe, depois amiga da mãe, e por aí vai. No começo fiquei um pouco presa em tentar lembrar “quem era quem” na trama armada pela autora, mas logo fui me soltando. São muitas vozes! E não é assim a vida? Muitas versões das mesmas histórias, várias pessoas que se cruzam (e seguidas vezes sem saber disso!).


A escrita de Bernardine Evaristo é particular: poética e cortante, traz frases curtas, pontuais, certeiras. Além da escrita ser envolvente e inventiva, ela aborda temas como questões de gênero, racismo e feminismo através do olhar e da experiência de cada personagem. É realmente muito bom.


Um livro sobre as gentes - como ela anuncia na sua dedicatória:


“Para as irmãs & manas & minas & monas & as mulheres &mulherxs & mulherões & a mulherada toda & nossos manos & chegados & parças & bróders & nossos homens & caras & pessoas LGBTQI+ da família humana”




Publicada em maio de 2021, no Instagram


Comments


bottom of page